Redes sociais: profissão admin

A administração de perfis em redes sociais virou até pauta no Fantástico. Os “ADMs” ou “admins”, responsáveis pelo posicionamento de influenciadores e celebridades no universo digital - que podem ser fãs ou profissionais de comunicação e mídias sociais – têm uma grande responsabilidade em mãos: a construção e gestão da reputação do perfil administrado.


Suas principais funções são:

  • Interagir com a comunidade, respondendo comentários e dúvidas para engajar os fãs;

  • Promover a imagem do participante nas redes sociais,

  • Planejar e produzir conteúdo relevante e contextualizado com o momento;

  • Monitorar cada passo do influenciador/celebridade, 24 horas;

  • Mobilizar votações e mutirões para favorecer o participante em realities e premiações;

  • Avaliar e atender os pedidos da comunidade;

  • Coletar insights para oportunidades comerciais, parcerias e novos conteúdos;

  • Gerir o relacionamento com diversos públicos, entre eles a imprensa;

  • Realizar a gestão de crises.

Em um grande trabalho de bastidor, os administradores são comuns no universo das celebridades, que contam com este suporte para manter a comunicação com o público. Alguns assinam os conteúdos produzidos como “equipe”, enquanto outros permanecem no anonimato, vestindo a persona do “dono oficial” do perfil. Mas, para os participantes do BBB 21, não tem jeito: fica evidente que esse suporte existe e é imprescindível, já que os brothers estão desconectados.

Contextualizando o trabalho do admin para os participantes da casa mais vigiada do Brasil, vamos observar alguns detalhes.


Planejamento de conteúdo

Diferente de Boca Rosa e Manu Gavassi, participantes do BBB20, alguns participantes não produziram fotos ou conteúdos prévios. No caso de Juliette, segundo matéria do Olhar Digital, os arquivos de stories publicados antes da fama foram a salvação para que sua equipe pudesse construir conteúdo e humanizar seu perfil. Ainda assim, percebemos que em alguns momentos existe uma certa conexão, por exemplo, entre o figurino que a participante está no ao vivo e o conteúdo liberado em suas redes.

Integrante do camarote, Karol Conká seguiu por um caminho diferente. Produziu mais de 130 imagens – pensando desde a prova do anjo até o paredãããwn, além de uma música que seria lançada durante a sua participação – mas que, com seu “cancelamento” e eliminação, foi suspensa.


Camilla de Lucas também se planejou: junto com sua equipe, produziu mais de 50 vídeos e até contribuiu na escolha do time que lhe representaria digitalmente durante o confinamento.

Aqui, é importante observar – e tentar, quando possível – prever algumas situações e oportunidades para alinhar as diferentes frentes de comunicação. Quais são as principais falas do participante? Como é sua personalidade? O que provavelmente ele faria em determinadas situações? Todas essas respostas ajudam a pensar nos próximos passos do perfil.


Frame de vídeo exibido no Fantástico com uma reunião de prints com tweets e fotos dos participantes do BBB20.
Imagem: TV Globo | Fantástico

Engajamento e gestão de comunidade

Quando ingressou no programa, em 25 de janeiro de 2021, Juliette era anônima. Advogada e maquiadora, reunia 3,8 mil seguidores no Instagram. Hoje, seu número é de 22,3 milhões, sendo a participante com maior número de seguidores na plataforma. (Buzzmonitor, 2021).

Segundo levantamento realizado pela HypeAuditor e publicado pela Vogue, o Instagram da paraibana é “uma das contas com maior engajamento (o que inclui reações, compartilhamentos, comentários e cliques) no Brasil e no mundo”.

Ainda sobre seu engajamento, a empresa Desbrava Data afirma que “o perfil de Juliette no Instagram conta com uma taxa média de 7,6%, número maior do que os de artista como Beyoncé (1,2%), Anitta (1,7%) e Manu Gavassi (1,4%)”. (Vogue, 2021). Todo esse movimento chama a atenção do público e das marcas, uma vez que a participante já demonstra ter um grande potencial aqui fora.

No B9, o Buzzmonitor Trends comparou o engajamento de uma das marcas patrocinadoras do Big dos Bigs em dois momentos: um jogo da Copa do Mundo de futebol feminino, em 18 de junho de 2019, quando a jogadora Marta usou o batom Power Stay, e o paredão do BBB21 do dia 09 de fevereiro, quando Juliette usou o mesmo produto:

“Com Marta, a Avon registrou 6.320 postagens mencionando o produto ao longo de 24 horas do dia do jogo, sendo 74,45% desses posts feitos no Twitter. Já com Juliette foram 22.178 posts citando a Avon também ao longo de 24 horas, um aumento de 249% de buzz”. (B9 e Buzzmonitor, 2021).

Hashtag e textão até podem não decidir paredão, mas ajudam a construir reputação, capital, garantem popularidade e até, quem sabe, uma cachorrada fora da casa.


Perfil do admin e equipe

Para o Fantástico, a empresária de Camilla de Lucas, Fátima Pissara, conta que “essa pessoa (admin) é jovem, transita bem nas redes sociais e entende que tipo de conteúdo é mais interessante e engaja mais”.

E quando o volume de interações aumenta, não tem jeito: é hora de aumentar a equipe.

Antes de entrar no BBB, Juliette convidou sua sócia no estúdio de maquiagem, Deborah Vidjinsky, e o marido dela, Hauyna Tejo, para a gestão de sua comunicação digital. Ao todo, a equipe reunia seis integrantes.

Contudo, à medida que a participante foi conquistando protagonismo, a equipe precisou crescer. Atualmente, 20 profissionais, entre redatores, designers, editores e produtores de conteúdo, acompanham cada momento da sister. Só para o Twitter, são cinco pessoas dedicadas a atualizar o perfil e interagir com seus fãs.


Os “heads de conteúdo” estão divididos por plataformas e consideram a linguagem o formato de cada rede, sem esquecer da personalidade da participante. Aliás, essa aproximação do admin com o influenciador faz toda a diferença ao considerar o tom de voz nas produções.

Outros exemplos de equipes de acordo com o G1:

  • Thaís: 15 pessoas;

  • Viih Tube: 12 pessoas;

  • Gil do Vigor: 7 pessoas;

  • Caio: 7 pessoas;

  • Sarah: 6 pessoas.

Juliette, Sarah e Thaís, participantes do BBB21, estão abraçados com os administradores de seus perfis nas redes sociais.
BBBs e seus admins | Foto: G1 / Acervo: Deborah Vidjinsky, Ellen Peters e Igor Dornela

Gestão de crise

Para o admin, é preciso ter sensibilidade e agir com estratégia sobre temas sensíveis. Não é apenas parar de publicar e aguardar o esquecimento do público, mas entender que em alguns momentos é preciso se posicionar – e, em casos mais graves, ter suporte jurídico.

Segundo matéria da revista Piauí, em fevereiro tanto a mãe quanto o filho de Karol Conká “lavraram um Boletim de Ocorrência após receberem ameaças via rede social. O mesmo fez a mulher de Projota, após receber mais de cinquenta mensagens de ódio e ameaças por sua conta no Instagram”.

Gerir uma crise não é passar pano para os deslizes de seu “cliente”, mas se posicionar diante de assuntos sensíveis. Veja, por exemplo, este conteúdo produzido sobre capacitismo, a partir de falas de Juliette, e endossado pelo seu perfil oficial.

Karol Conká, eliminada com recorde de rejeição, perdeu seguidores, contratos e reputação por causa de seu comportamento e trajetória na casa.

Segundo levantamento feito pela Brunch, a pedido da Forbes, as perdas de Karol Conká podem chegar a R$ 5 milhões, além de cerca de seis meses para recuperar a crise de imagem.

Agora, com mais de 200 horas de gravação, será lançado “Depois do tombo”, documentário que “apresentará entrevistas com Karol, seus familiares e amigos próximos, que prometeram não passar pano para o comportamento da rapper no confinamento”. A última postagem da cantora no Instagram foi em 24 de fevereiro e os comentários estão desativados.


Quanto ganha um admin de celebridade?

Enquanto na matéria da Piauí observamos que “os adms cobram até 30 mil reais por um pacote que inclui plantão 24 horas por dia para ver pay per view e produzir conteúdo (positivo) para as redes sociais”, para o UOL, a admin de Juliette diz que seu trabalho é feito no amor – mas sabendo que os horizontes serão expandidos.

E não é por acaso. Candy, além de visionária, sabe que os rendimentos podem ser, inclusive, muito maiores que o prêmio do reality em si. Segundo matéria da Exame, especialistas sinalizam que Juliette pode faturar até R$ 1,7 milhão por mês – sem considerar contratos publicitários de longo prazo ou pedidos de exclusividade - considerando R$ 85 mil por um post patrocinado.

Um artista vai pagar, mais ou menos, de R$ 4.000 a R$ 10 mil por mês. Tudo depende do que ele vai ter [para postar]. Se vai ter vídeo, se vai ter um profissional de foto, se vai ter um designer exclusivo.

Thays Almendra, CEO da agência Digital Social para o UOL.

Junior Cesar, empresário artístico e administrador das redes sociais de Viih Tube desde 2018, sinalizou no podcast Isso é Fantástico que já tem alguns contratos comerciais engatilhados.

Se dentro do programa Juliette ainda não foi líder, aqui fora certamente terá seu milhão. Basta saber qual será a primeira fonte: com a coroa do BBB 21 ou sua carreira digital.


Referências

ASSISTIR BBB 24h por dia, 'apagar incêndio' e trabalho por amor: a vida dos ADMs do BBB21. Fantástico. Disponível em: https://g1.globo.com/fantastico/playlist/videos-veja-todas-as-reportagens-do-fantastico.ghtml#video-9446266-id

ADAMI, Matheus. Adm de Juliette diz que trabalha de graça; quanto ganha um profissional? UOL. Disponível em: https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2021/04/23/quanto-ganha-um-administrador-de-perfil-nas-redes-sociais.amp.htm

ADM de Juliette diz no 'Fantástico' que não ganha nada: 'No amor e na fé'. UOL. Disponível em: https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2021/04/18/adm-de-juliette-diz-no-fantastico-que-nao-ganha-nada-.htm

ALMENDRA, Thays. Case Juliette e o futuro do marketing de influência. Meio & Mensagem. Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/opiniao/2021/04/22/case-juliette-e-o-futuro-do-marketing-de-influencia.html

ALVES, Soraia. Ainda dentro do BBB21, Juliette tem redes sociais com recorde de engajamento – e marcas já estão de olho. B9. Disponível em: https://www.b9.com.br/141182/bbb21-juliette-redes-sociais-recorde-engajamento-marcas/

BELLO, CAMILLA. Juliette Freire faz história e passa a ter um dos perfis do Instagram com maior engajamento no Brasil e no mundo. Vogue. Disponível em: https://vogue.globo.com/celebridade/noticia/2021/03/juliette-freire-faz-historia-e-passa-ter-um-dos-perfis-do-instagram-com-maior-engajamento-no-brasil-e-no-mundo.html

CAPOBIANCO, Marcela. BBB dos ‘admins’: perfis on-line de participantes capricham na autocrítica. Veja Rio. Disponível em: https://vejario.abril.com.br/beira-mar/bbb-admins-perfis-participantes-autocritica/

CAPUCCI, Renata e SALVIANO, Murilo. #87 Isso é Fantástico - BBB21: A vida de um ADM. Isso é Fantástico. Podcast. Disponível em: https://g1.globo.com/fantastico/podcast/isso-e-fantastico/noticia/2021/04/18/87-isso-e-fantastico-bbb21-a-vida-de-um-adm.ghtml

DOCUMENTÁRIO de Karol Conká rendeu 200 horas de gravação para a Globo. Notícias da TV. Disponível em: https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/series/documentario-de-karol-conka-rendeu-200-horas-de-gravacao-para-globo-56137

JR, João Batista. Debate por encomenda. Piauí. Disponível em: https://piaui.folha.uol.com.br/debate-por-encomenda/

LUCENA, André. BBB 21: entenda o segredo do sucesso de Juliette Freire nas redes sociais. Olhar Digital. Disponível em: https://olhardigital.com.br/2021/04/01/internet-e-redes-sociais/bbb-21-entenda-o-segredo-do-sucesso-de-juliette-freire-nas-redes-sociais/

NICOCELI, ARTUR E MIRELLE, BEATRIZ. Karol Conká pode perder até R$ 5 milhões com polêmica no “Big Brother Brasil”. Forbes. Disponível em: https://forbes.com.br/forbes-money/2021/02/karol-conka-pode-perder-ate-r-5-milhoes-com-polemica-no-big-brother-brasil/

PADILHA, Ivan. BBB 2021: Juliette pode ficar milionária como influenciadora. Exame. Disponível em: https://exame.com/casual/bbb-2021-juliette-pode-ficar-milionaria-como-influenciadora/

SARMENTO, Gabriela. Profissão ADM: O dia a dia de quem comanda as redes dos participantes do 'BBB21'. G1. Disponível em: https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2021/02/16/profissao-adm-o-dia-a-dia-de-quem-comanda-as-redes-dos-participantes-do-bbb21.ghtml

SAYURI, Juliana. Como ‘adms’ de influencers expõem a dinâmica da internet. Nexo. Disponível em:https://www.nexojornal.com.br/expresso/2021/04/13/Como-%E2%80%98adms%E2%80%99-de-influencers-exp%C3%B5em-a-din%C3%A2mica-da-internet


Me siga nas redes sociais. :)

Lidiane Faria: Instagram e LinkedIn